domingo, 29 de maio de 2011

Ao ébano (2)


"Yo no te pido que me bajes
una estrella azul
sólo te pido que mi espacio
llenes con tu luz."
(Pablo Milanés)

Ouvir Pablo Milanés é lembrar de você e, acredite, não é pelo nome. É bom que estejamos perto, mesmo que ao mesmo tempo estejamos longe, mas isso só nós dois entedemos. Meu sorriso é seu sem nenhum esforço.

E sempre com reticências... 

domingo, 8 de maio de 2011

Poeminha sentimental

O meu amor, o meu amor, Maria
É como um fio telegráfico da estrada
Aonde vêm pousar as andorinhas...
De vez em quando chega uma
E canta
(Não sei se as andorinhas cantam, mas vá lá!)
Canta e vai-se embora
Outra, nem isso,
Mal chega, vai-se embora.
A última que passou
Limitou-se a fazer cocô
No meu pobre fio de vida!
No entanto, Maria, o meu amor é sempre o mesmo:
As andorinhas é que mudam.

Mário Quintana