sexta-feira, 20 de abril de 2012

Poema pra cantar o desejo

Basta um abraço para o arrepio.
Um decote,
um zíper aberto,
a nuca molhada do banho.
Tudo é motivo
pra sentir desejo.

O beijo eterno,
o sexo, o calor,
o peito que abriga
nas noites sem fim.
Tudo é motivo pra sentir desejo.

A mão que passeia pelo corpo
quer que as roupas sumam
e provoca,
pra o olhar dizer
que amor é pouco
pra tanto desejo.


Nenhum comentário:

Postar um comentário