sexta-feira, 4 de maio de 2012



Parem!
Parem o mundo, as mortes,
o tempo, os desencontros!
É nesse peito negro que quero deitar!
É nesse leito que quero dormir!

É esse homem que quero amar!
É com ele que quero dançar. viajar...
É sem ele que não posso ficar!
Então é com ele que quero combinar:

Te dou meu coração
pra você banhar na beira do rio
Vai! E lava, e tira o que mancha ele de cinza
Pra colorir com as cores dos teus beijos

Parem!
Parem o mundo, as mortes,
o tempo, os desencontros!
Me leva no caminho desse amor
que quer passar.